Psoríase – Causas, Sintomas e Tratamentos

O que é Psoríase?

Psoríase é uma doença autoimune e portanto crônica muito comum que causa lesões avermelhadas e descamativas na pele. Essas lesões formam placas e aparecem normalmente nas mãos, pés, couro cabeludo, cotovelos, joelhos e região genital. Pode variar de lesões menores e localizadas até lesões que preenchem toda a pele.

É uma doença não contagiosa com gravidade variável, podendo se manifestar de forma mais leve com tratamento fácil ou mais graves, acometendo as articulações e podem levar à incapacidade física da pessoas.


Tipos de Psoríase


Psoríase Vulgar (em placas)

Essa é a forma mais comum e é caracterizada por lesões avermelhadas de tamanhos variados, com escamas secas podendo ser esbranquiçadas ou prateadas. Aparecem normalmente nos cotovelos, joelhos e couro cabeludo mas, podem também aparecer em qualquer parte do corpo. Podem também coçar, causar dor e, em casos mais graves, provocar sangramento.


Psoríase Artropática ou Artrite Psoriásica

A Psoríase Artropática ou Artrite Psoriásica é caracterizada por fortes dores nas articulações, inflamação da pele, descamação e rigidez progressiva. Pode estar relacionada a qualquer forma de Psoríase.


Psoríase Eritrodérmica

Esse tipo de Psoríase é a menos comum e caracteriza-se por manchas vermelhas, podendo coçar ou arder de forma intensa e levar à manifestações sistêmicas. Apresenta lesões em 75% do corpo ou mais.

A administração errada de corticosteroides, infecções, queimaduras mais graves ou o descontrole de outros tipos de Psoríase, podem desencadear esse a Psoríase Eritrodérmica.


Psoríase Gutata

É o tipo de Psoríase mais comum entre crianças e jovens com menos de 30 anos. Provocam a formação de pequenas feridas em forma de gota, cobertas por uma fina escama, normalmente nos braços, pernas e couro cabeludo. Geralmente é desencadeada por infecções bacterianas.


Psoríase Invertida

Provocam manchas inflamadas e vermelhas nas áreas mais úmidas do corpo como nas axilas, virilhas, baixo dos seios e redor dos órgãos genitais, onde normalmente se formam dobras. A Psoríase Invertida pode ser agravada em pessoas obesas ou quando há sudorese excessiva e atrito na região.


Psoríase Palmo-plantar

Esse tipo de Psoríase se caracteriza por lesões que aparecem como fissuras. Aparecem nas solas dos pés e palmas das mãos.


Psoríase Pustulosa

É a forma mais rara de Psoríase. Podem aparecer manchas pelo corpo ou nos pés e mãos. Pode infeccionar formando bolhas de pus algumas horas a partir do aparecimento de manchas vermelhas, bolhas que secam dentro de poucos dias e podem reaparecer. Em alguns casos provocam febre, calafrios, coceira intensa e fadiga.


Psoríase Ungueal

A Psoríase Ungueal afeta os dedos e unhas das mão e dos pés, fazendo com que a unha cresça de forma anormal, escame e engrosse, perdendo a cor e provocar manchas amareladas, podendo ainda provocar o descimento da unha.


O Que Causa a Psoríase?

Acredita-se que a Psoríase é provocada por uma reação do nosso sistema imunológico, que ataca células saudáveis da pele através a Célula T, célula responsável pela defesa do organismo. Como consequência, há dilatação dos vasos sanguíneos e o aumento do número de glóbulos brancos, provocando lesões avermelhadas na pele.

Há indícios quem a genética tem papel importante em grande parte dos casos de Psoríase, juntamente com fatores ambientais. A porcentagem de pessoas portadoras de Psoríase com parentes com a mesma doença chega a ser de 33% e que 10% da população mundial possa herdar e desenvolver a Psoríase. A boa notícia é que somente 3% desenvolvem a doença.

Podemos destacar também alguns fatores que podem desencadear a Psoríase:

  • Estresse;
  • Fumo;
  • Infecções de pele;
  • Mudanças climáticas;
  • Álcool em excesso;
  • Obesidade;
  • Medicamentos para malária, pressão alta e transtorno bipolar;
  • Lesões na pele como queimaduras de sol, machucados, inflamações e infecções;
  • HIV;

Quais os Sintomas da Psoríase?

O sintomas podem variar de pessoas para pessoas. Podemos destacar entre os sintomas mais comuns:

  • Lesões na pele com tom avermelhado e que descamam assim como manchas vermelhas;
  • Pele seca;
  • Unhas amareladas, desoladas da pele e com furinhos na superfície;
  • Descamação no couro cabeludo, joelho e cotovelos;
  • Articulações inchadas, rígidas e doloridas;

Quais os Tratamentos para Psoríase?

Os Tratamentos para Psoríase tem como objetivo reduzir a inflamação e formação de lesões e normalizar a aparência da pele.

Em geral existem três tipos de tratamento. O Médico Dermatologista irá definir qual tratamento indicado para cada tipo de Psoríase.

Os tratamentos podem ser:

  • Tópico - São usados cremes e pomadas com corticóides;
  • Sistêmico;
  • Fototerapia;

A exposição solar controlada também ajuda no tratamento da Psoríase.

No caso de pacientes que apresentam Psoríase grave, podem ser indicados medicamentos via oral, subcutâneo, intravenoso ou intramuscular. Esses medicamentos também podem ser indicados para pacientes que não apresentaram uma melhora com os tratamentos tópicos.


Ficou com Alguma Dúvida?

Entre em contato com a Clínica Katia Daga e marque uma consulta. Ficaremos felizes em ajudar você a ter Mais Saúde e uma Melhor Qualidade de Vida.
Ligue: (11) 4799-1616.